NOTÍCIAS

Acadêmicos de História e Direito lançam livro em parceria com o TRT-MS

20 de Novembro de 2018 09:00

 

 

Lançado na tarde de ontem (20) o segundo volume do livro “JT 24 no curso da História de MS”, resultado da parceria entre a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) e o Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (TRT-MS). Os artigos, escritos por acadêmicos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) dos cursos de História e de Direito, são oriundos das análises de cerca de 16 mil processos trabalhistas cedidos à Universidade pelo tribunal para serem objeto de estudo acadêmico. Na cerimônia também foi inaugurado oficialmente o Memorial da Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul.

“Nós estamos, de fato, colocando essas bases da cultura, da ciência, do conhecimento e do saber aquilo que, muitas vezes, para as pessoas em geral, não é visto como objeto de estudo. Como por exemplo, um acervo passivo, de processos já julgados, pode sim, originar artigos que registram e constroem a memória da nossa sociedade”, afirmou Pe. Ricardo Carlos, que participou do lançamento oficial, na sede do TRT-MS, no Parque dos Poderes. Ele ainda destacou: “Pra quem não sabe, esse trabalho já foi reconhecido em âmbito nacional. Um exemplo para ser seguido, não só pelo tribunal de trabalho, mas por tantos outros tribunais”.

A coordenação de todo o trabalho é da professora Dra. Maria Augusta Castilho e tem a participação das docentes Dra. Cleonice Alexandre Le Bourlegat e Dra. Arlinda Cantero Dorsa na orientação dos acadêmicos. “Já são dez anos de parceria entre a UCDB e o TRT-MS. Todos os anos, mando relatório junto com os artigos que os acadêmicos produzem. No ano passado, o Tribunal condensou e publicou o primeiro volume; agora em 2018, saiu o segundo”, relembrou Maria Augusta. Atualmente, são sete alunos de História e de Direito que, diariamente, pesquisam os processos trabalhistas de 1962 a 1984, no Laboratório de História da UCDB.

Participaram da cerimônia o presidente do TRT-MS, desembargador João de Deus Gomes de Souza, e o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, que na ocasião assinaram um convênio que estabelece que o ônibus que realiza o City Tour em Campo Grande fará uma das paradas no Memorial do Trabalho.

Entre as peças que fazem parte do Memorial estão os primeiros modelos de máquinas de escrever, equipamentos de protocolo de petições, bingo utilizado para sorteio dos processos para distribuição de ações trabalhistas e o computador em que foi impressa a primeira folha de pagamento de magistrados e servidores. O resgate histórico faz parte das ações de valorização e preservação da memória do TRT/MS que completou 25 anos de instalação em Mato Grosso do Sul, em janeiro de 2018.

Estiveram presentes no evento o coordenador do curso de História de UCDB, Roberto Figueiredo, além de docentes do curso, acadêmicos e discentes do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Local da UCDB.

 

 

MAIS NOTÍCIAS