NOTÍCIAS

Ação de combate ao câncer de próstata também é realizada na UCDB

06 de Novembro de 2018 07:00

A ação de conscientização de combate ao câncer de próstata Novembro Azul realizado na quinta-feira (1º) pelos acadêmicos de Enfermagem da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) trouxe diversas palestras.

“Campanha de Prevenção ao Suicídio: Vamos falar sobre isso” foi i tema da palestra ministrada pela psicóloga Raquel Icassati Alirão, que abordou assuntos como os quatro Ds do suicida: Depressão, desesperança, desamparo e desespero, e como as pessoas ao redor podem ajudar essa quem necessita de apoio. Logo depois houve a palestra “Câncer de Próstata Importância do Diagnostico Precoce”.

Por fim a professora Lisandra Alves Felix Barros ministrou a palestra “Principais agravos da saúde do homem no seu ciclo de vida”, na qual chamou a atenção para o fato de que a saúde do homem não significa apenas câncer de próstata, falando sobre o que afeta a saúde dos homens, em que faixa etária e com que frequência e quais são as medidas que eles podem adotar para cuidar melhor da própria saúde.

“O homem geralmente não vai ao médico quando precisa e isso tem muito a ver com a nossa formação. Nós somos uma sociedade ainda com resquício patriarcal e o homem acaba sendo criado para não chorar, para não sofrer, para não ficar doente, porque doença é fraqueza e homem não pode ser fraco. Então, a prevenção de doenças para ele fica em 10º lugar na lista de prioridades e só buscam ajuda médica quando realmente chegam a um ponto crítico e grave”, explica a professora.

A questão do feminismo acabou entrando também na palestra pelo fato do homem ser coagido desde a infância a não ter medo e não demonstrar fraqueza, fazendo que o gênero masculino seja mais suscetível a doenças, violência, alcoolismo, tabagismo, todas questões que refletem na mortalidade de homens jovens, entre os 29 a 50 anos. “O cuidado com a saúde deve ser colocado na cabeça deles desde cedo. Precisamos começar a mudar a forma que criamos nossos meninos para que parem de morrer devido a doenças que são perfeitamente fáceis de prevenir”, comenta Lisandra.

Atendimentos para a saúde do homem podem ser agendados na Clínica-Escola UCDB. Mais informações pelo telefone 3312-3705.

Texto sob orientação de Gilmar Hernandes

MAIS NOTÍCIAS