NOTÍCIAS

Aula Magna de Letras e Pedagogia traz palestra sobre cuidados com a alimentação e voz

01 de Março de 2019 08:00

“Caminhos para a formação profissional” foi tema da Aula Magna dos cursos de Letras e Pedagogia da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) na noite desta quinta-feira (28). O encontro entre os acadêmicos veio com a proposta de integra-los e acolhê-los, além de trazer dicas importantes para a atuação no mercado de trabalho.

“Ser professor hoje é mais do que entender da nossa área, também precisamos priorizar o nosso corpo e a forma de nos comunicarmos. É importante que os alunos entendam que, antes de tudo, somos seres humanos e precisamos cuidar de nós”, pontuou a coordenadora do curso de Letras, Neli Betoni.

Na data, a coordenadora do curso de Pedagogia, Ana Paula Gaspar Melim, também ressaltou aos alunos pontos importantes para o sucesso que merecem atenção: “Temos certeza que só existe o caminho do comprometimento e da disciplina para sermos bons acadêmicos e nos tornarmos bons profissionais. Com as convidadas de hoje, vamos ter a oportunidade de encontrar novos conhecimentos para nos ajudarem nessa jornada”.

Para que os acadêmicos tenham um bom desempenho quando tornarem-se profissionais, duas convidadas de áreas diferentes conversaram com o grupo sobre “linguagem e comunicação” e “alimentação saudável”: a fonoaudióloga Taisa Nicolai e a coordenadora do curso de Nutrição da Católica, Rosemarly Candil.

“Uma boa alimentação melhora o aprendizado, a concentração e também o rendimento do ser humano. É algo importante não só para esses futuros docentes, mas para todos. Corpo saudável ajuda a manter a mente também saudável e isso é fundamental”, comentou Rosemarly. Com essa proposta, a nutricionista expôs as tendências de alimentação atuais que incluem a ingestão de alimentos orgânicos e funcionais, além de práticas como o veganismo. Na data, ela também passou dicas de como manter uma alimentação equilibrada.

Segundo Rosemarly, é importante fazer, no mínimo, cinco refeições ao dia com a demanda energética e nutricional que o corpo precisa para manter a disposição, o equilíbrio metabólico e também diminuir a ansiedade. “A escolha dos alimentos que serão ingeridos é muito importante. É preciso que em cada refeição estejam presentes alimentos energéticos, proteicos, e também aqueles ricos em minerais e vitaminas. Para garantir esse aporte nutricional uma dica é apostar na variedade de cores — um prato colorido representa uma alimentação equilibrada”, esclareceu a nutricionista.

MAIS NOTÍCIAS