NOTÍCIAS

Extensionistas da UCDB promovem palestra sobre dengue e leishmaniose no Jardim Aeroporto

29 de Março de 2019 13:00

O projeto Saúde Pública em Ação da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) realizou, na quarta-feira (27), o primeiro trabalho voltado para a comunidade em 2019. No centro comunitário do bairro Jardim Aeroporto I, em Campo Grande, professores e acadêmicos que integram a extensão promoveram uma palestra sobre a prevenção da dengue e também da leishmaniose humana e canina.

De acordo com a coordenadora do projeto, Dra. Magyda Arabia Araji Dahroug Moussa, a visita foi realizada a pedido da própria comunidade com o intuito de alertar sobre as doenças. Além disso, os encontros devem ser constantes para ajudar a resolver problemas enfrentados pelos moradores. “Conhecemos o lugar e juntos resolvemos realizar duas visitas ao mês, discutindo sempre temáticas do interesse do bairro”.

Com a proposta interdisciplinar, na data, participaram da ação acadêmicos de Pedagogia, Medicina Veterinária, Ciências Biológicas, Enfermagem, Biomedicina e Psicologia. “A ideia é que a gente saia da ‘caixinha’ e consiga trabalhar de forma conjunta com o próximo. Pois, a vida profissional é dessa forma. Então, desde o início estamos estimulando os alunos ter esse convívio com a realidade”, discorreu Ana Paula Zaikievicz Azevedo, professora do curso de Pedagogia.

A acadêmica do 5° semestre do curso de Enfermagem, Ana Karolina Ibanhes, de 19 anos, relatou que o projeto caminha junto com a comunidade e planeja ações para promover o desenvolvimento do bairro e melhorar a qualidade de vida dos moradores. “Nosso objetivo é analisar a população do lugar, a partir disso, cada curso encontra uma forma de ajudar e melhorar o convívio no local”, pontuou a futura enfermeira.

Junto com a palestra, o projeto também promoveu a desvermifugação e a vacinação de cães e gatos presentes na comunidade. Para obter mais informações sobre o Saúde Pública em Ação, entre em contato com a área de Programas e Projetos de Extensão da Católica por meio do número (67) 3312-3491.

Texto sob supervisão de Natalie Malulei. 

MAIS NOTÍCIAS