NOTÍCIAS

Gretap-MS viabiliza aporte nutricional para jacarés flagrados no Pantanal

28 de Julho de 2022 10:47

 

Na semana passada, trabalhadores de fazendas da região do Abobral, em Corumbá, flagraram um grupo grande de jacarés magros e famintos, publicaram nas redes sociais e o assunto repercutiu na imprensa local. Ao tomar conhecimento do fato, o Grupo de Resgate Técnico Animal Cerrado Pantanal (Gretap-MS), liderados pela Universidade Católica Dom Bosco, Polícia Militar Ambiental, Instituto Homem Pantaneiro, Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MS) e Corpo de Bombeiros mobilizou-se para realizar um aporte nutricional básico para os animais.

Na tarde de ontem (27), os técnicos chegaram até a fazenda indicada com uma doação de 300 quilos de proteína animal, que foi oferecida aos répteis. As doações foram feitas pelo Frigorífico Forte e o Supermercado Frei, ambos de Corumbá.

A médica veterinária e bióloga Paula Helena Santa Rita (UCDB/CRMV) contou como foi o procedimento: “Saímos com uma equipe da UCDB e da PMA de Campo Grande em direção a região do Buraco das Piranhas. A partir de Corumbá, saiu uma equipe do IHP e dos Bombeiros com as doações. Chegamos à fazenda indicada e verificamos que se trata de uma rota de migração dos jacarés, que acontece todos os anos. Eles estavam em uma área entre um aguado e um braço do rio Abrobral, que acabou secando e o volume de alimentos caiu. Os animais mais fortes conseguiram seguir o caminho, mas um grupo de cerca de 70 jacarés não conseguiu partir”, relatou.

Os integrantes do Gretap aplicaram mix vitamínico nas carnes doadas e, lentamente, passaram a oferecer aos animais que prontamente aceitaram o suplemento nutricional. “Alguns comeram e já começaram a se deslocar. Vamos ver como será o comportamento desses animais nos próximos dias. Um ponto muito importante nas ações tem sido a colaboração dos pantaneiros. Eles se prontificaram a ajudar a todo momento e essa parceria é fundamental para que tenhamos informações de como está a situação nas fazendas com relação ao fogo e ao resgate de animais”, ressaltou Paula Helena.

Um outro grupo de jacarés foi atendido em uma ponte na Estrada Parque, já próximo da Curva do Leque, mediante solicitação dos moradores, que levaram os técnicos até lá. Essa área está com a água bem mais baixa do que o normal. Parte da proteína animal doada foi oferecida aos répteis deste local também.

 

MAIS NOTÍCIAS