NOTÍCIAS

Mestranda desenvolve níveis adicionais ao teste ABLA-R voltado para o desenvolvimento da linguagem

06 de Março de 2019 14:00

“Extensão do teste ABLA-R: uma proposta de tarefa preditiva de relação de equivalência” foi tema da dissertação desenvolvida por Janaína Barbosa de Souza, mestranda do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia. O trabalho feito pela discente, orientada pelo professor Dr. André Varella, foi apresentado à banca avaliadora na última semana.

Segundo Janaína, o trabalho teve como base a Avaliação de Habilidades Básicas de Aprendizagem – Revisado (ABLA-R) — um teste que avalia com que dificuldade ou facilidade uma pessoa pode responder à seis tarefas distintas que envolvem imitação e discriminação, tanto visual, quanto auditiva, como de posição. Com o intuito de favorecer o desenvolvimento da linguagem em crianças, a mestranda desenvolveu procedimentos extras para serem integrados ao teste.

“Desenvolvemos dois protótipos de níveis adicionais a avaliação que poderiam ter algum potencial preditivo de aprendizagem de relações de equivalência. Aprendizagem de relações condicionais nem sempre é uma tarefa fácil, tanto para crianças como desenvolvimento típico quanto para as crianças com atraso no desenvolvimento. O teste possibilita apresentar um potencial de predizer a aprendizagem de novos comportamentos, além disso, realiza análise das tarefas em relação as discriminações envolvidas e tarefas envolvendo quais as dificuldades e fornece orientações para aprendizagem futura”, esclareceu Janaína.

Participaram da banca avaliadora junto com o orientador do trabalho, a docente da Católica Dra. Liliana Andolpho Magalhães Guimarães e a professora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Dra. Júlia Zanetti Roca. Mais informações sobre o Programa de Pós-Graduação em Psicologia podem ser obtidas por meio do número (67) 3312-3605.

Texto sob supervisão de Natalie Malulei.

 

MAIS NOTÍCIAS