NOTÍCIAS

Mestranda identifica reconhecimento de programa federal em relação aos produtos orgânicos

25 de Fevereiro de 2019 13:00

Gabriela Oshiro Reynaldo, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Local da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) defendeu a dissertação desenvolvida durante o curso, na sexta-feira (22). Orientada pelo docente Dr. Reginaldo Brito da Costa, a pesquisa teve como tema principal “Políticas públicas de apoio aos orgânicos e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no Brasil”.

De acordo com a discente, o PAA é um projeto com duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Além disso, é uma das ações do Governo Federal que promove a inclusão produtiva rural das famílias mais pobres.  Neste contexto, Gabriela focou a pesquisa, principalmente na presença da produção orgânica.  

“Sabemos que não é fácil produzir o orgânico, por isso quis identificar se o programa prevê um reconhecimento para o produtor que aposta neste tipo de alimento e identifiquei que sim. É pago até 30% a mais pelo produto orgânico se comparado com aqueles que são produzidos com um uso de agrotóxicos, ou seja, por meio do PAA o Governo Federal investe mais em produções deste tipo”, comentou Gabriela.

Participaram da banca avaliadora, além do orientador da pesquisa, os professores da UCDB Dr. Michel Ângelo Constantino de Oliveira e Dra. Paula Martin de Moraes, junto com o docente da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Dr. Benedito Albuquerque da Silva.

Texto sob supervisão de Natalie Malulei.

 

 

MAIS NOTÍCIAS