NOTÍCIAS

Mestrando indígena analisou o protagonismo dos professores que atuam na escola da aldeia Tereré

24 de Março de 2017 15:00

Maioque Rodriques figueiredo, discente Programa de Pós Graduação em Educação — Mestrado e Doutorado da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) defendeu a dissertação desenvolvida durante o curso na quarta-feira (22). Ele foi orientado pelo professor e coordenador do programa,  Dr. Heitor Queiroz de Medeiros, e apresentou a pesquisa de título: O protagonismo dos professores terena na escola indígena Cacique João Batista Figueiredo, aldeia Tereré, terra indígena Buriti, Sidrolândia (MS) na construção do bem viver comunitário.

Verificar o protagonismo do professor indígena na aldeia em que cresceu foi o principal objetivo da pesquisa de Maioque. Por meio de rodas de conversas, ele pode concluir que o diálogo é algo muito importante para a construção da escola: “A escola está em constante desenvolvimento, esta cada vez com professores mais articulados e qualificados, podendo transmitir aos alunos acima de tudo, a importância da busca pelo bem viver”. O mestrando é militante e professor da escola indígena e, afirmou que “é através da educação que se entende a sociedade, e que se constrói a identidade, o ponto chave para a libertação”.

Banca examinadora foi constituída pelo professor do Centro de Formações de Professores Indígenas do Mato Grosso do Sul (CEFPI) Dr. Antônio Carlos Seizer da Silva e pela docente da Católica Dra. Adir Casaro Nascimento. Mais informações a respeito do Programa de Pós-Graduação em Educação entre em contato pelo número (67)3312-3597.

MAIS NOTÍCIAS