NOTÍCIAS

Palestra orienta acadêmicos sobre atendimento à saúde pública indígena

03 de Abril de 2017 07:00

Acadêmicos do 3º semestre dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição participaram, na sexta-feira pela manhã (31 de março), da palestra "Saúde da População Indígena", com os enfermeiros Evelin Mendonça Loubet e Newton Gonçalves de Figueiredo, ambos do Distrito Sanitário Especial Indígena do Mato Grosso do Sul (DSEI). A atividade faz parte de uma série de palestras que integram a disciplina Políticas Públicas de Saúde III.

Segundo a professora Eliny Salazan, o objetivo é abordar como as políticas de saúde da população indígena estão sendo implementadas no Estado. “Temos que orientar os alunos a respeito das políticas de atenção básica vigente no País e em nosso Estado, da qual faz parte estudar as políticas públicas para a saúde da população indígena”, explica.

A enfermeira Evelin Mendonça  explica que o objetivo do trabalho desenvolvido na DSEI é levar a atenção básica para dentro das terras indígenas, assim como o serviço de edificações e saneamento. “Atendemos 70 mil índios de oito etnias [Atikum, Guarani Kaiowá, Guarani Ñandeva, Guató, Kadiwéu, Kiniquinau, Ofaié-Xavante e Terena] em 31 municípios de Mato Grosso do Sul, divididos em 75 aldeias, atendendo cerca de 15 mil famílias”, explica.

Os palestrantes reforçaram a importância da inserção de novos profissionais no mercado de trabalho e também de conhecer as políticas públicas da saúde indígenas do Estado. Os estudantes conheceram um pouco da história do atendimento aos indígenas até a criação em 2010 da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

 

MAIS NOTÍCIAS