NOTÍCIAS

Pesquisa aponta que infecções causadas por cepas super-resistentes podem aumentar na pandemia

26 de Maio de 2021 07:07

O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Mestrado e Doutorado da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) realizou nesta segunda-feira (10), por meio de videoconferência, a banca de defesa de dissertação da mestranda Samilla Beatriz de Rezende, com o tema ‘Influência de D-argininas e D- lisinas em peptídeos antimicrobianos desenhados computacionalmente’, sob a orientação do professor Marlon Henrique e Silva Cardoso (UCDB) e coorientação do professor Dr. Octávio Luiz Franco (UCDB).

“Estudos apontam que infecções causadas por cepas super-resistentes podem aumentar no pós-pandemia. A utilização de peptídeos antimicrobianos otimizados pode ser uma alternativa no combate a essas cepas. Neste contexto, afim de estudar a otimização de sequências através de estratégias peptidomiméticas - modificações químicas, foi desenvolvido nesse projeto sequências com inversão de quiralidade, D-aminoácidos, tendo por objetivo investigar a utilização desses resíduos D-arginina e D-lisina em sequências antimicrobianas geradas computacionalmente de forma automatizada”, explica a mestranda.

Ela reforça que essas sequências (diastereoisômeros) compostas por D-arginina e D-lisina são conhecidas por apresentar vantagens, como a maior estabilidade no organismo (maior tempo de meia-vida) e menor toxidade frente as células de mamíferos. “Assim, é possível aprimorar o desenvolvimento de peptídeos candidatos a fármacos para serem utilizados no combate as cepas resistentes”, completa.

Além do orientador, a banca examinadora foi composta pelos professores Dr. Nuno Fernando Duarte Cordeiro Correia dos Santos (UCDB), Dr. Sébastien Charneau (UND) e Marcelo Henrique Soller Ramada (UCB). Mais informações sobre o programa de Biotecnologia podem ser obtidas pelo telefone (67) 3312-3768.

MAIS NOTÍCIAS