NOTÍCIAS

Pesquisa aponta redução de mortes após implantação do Programa Vida no Trânsito

10 de Setembro de 2021 07:27

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia mestrado e doutorado da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) realizou nesta quinta-feira (9) a banca de defesa de tese do doutorando Renan da Cunha Soares Júnior, com o tema ‘Impactos da Implantação do Programa Vida no Trânsito na Morbimortalidade em Campo Grande – MS (2011-2018)’, sob a orientação da professora Dra. Heloísa Bruna Grubits.

A pesquisa teve por base os dados do Programa Vida no Trânsito implantado pela Organização das Nações Unidas e Organização Mundial da Saúde no ano de 2010 em cinco capitais do Brasil, incluindo Campo Grande, com intuito principal do fortalecimento de políticas de prevenção de lesões e mortes no trânsito. Em 2013 foi implantado em todas as capitais do País.

“Observamos em Campo Grande que houve redução  no volume de 132 óbitos em 2011, quando o programa foi implantado, em relação a 2018, quando ocorreram 87 mortes. Entre 2011 e 2018 houve uma redução de 34,09% no número de óbitos e isso conta com a mudança para obter a estatística, que leva em conta as pessoas que morrem no local ou em mortes no hospital em até 30 dias de internação. Efetivamente o número de mortes houve uma queda sensível”, destacou o doutorando.

Ele destaca ainda que nacionalmente são dois fatores os causadores de acidente, a velocidade excessiva inadequada e o uso de bebidas alcoólicas. “Em Campo Grande temos um terceiro fator local, que é a utilização de motocicletas. Conseguimos constatar que o programa se tornou efetivo, que funcionou em Campo Grande, assim como funcionou em outras capitais do Brasil e do mundo”, completou.

Além da orientadora, a banca examinadora foi composta pelos professores Dr. Rodrigo Lopes Miranda, Dr. Fabian Javier Marín Rueda e Dr. José Carlos Rosa Pires. Mais informações sobre o Programa de Pós-Graduação em Psicologia pelo telefone (67) 3312-3605. 

MAIS NOTÍCIAS