NOTÍCIAS

Pesquisa desenvolvida no Biotério UCDB analisará bactérias existentes em jararacas

06 de Março de 2024 08:11

A mestranda Lara Carvalho Alves de Sousa, do programa de Mestrado em Ciências Veterinárias da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, desenvolve pesquisa no Biotério da Universidade Católica Dom Bosco com o objetivo de analisar a microbiota oral e a resistência antimicrobiana das jararacas que fazem parte do plantel da Católica.

Lara irá coletar amostras biológicas de 180 animais, desde os recém-chegados até os que vivem há anos no Biotério. A pesquisa é orientada pela professora Dra. Cássia Leal e co-orientada pelas professoras Dra. Paula Helena Santa Rita e Dra. Alinne Pereira de Castro e tem o apoio técnico da Me. Fernanda Alves e da acadêmica de Medicina Veterinária da UCDB Isabelle Cardeal Guesser.

“Queremos descobrir quais são as bactérias existentes nesses animais e se, em caso de acidente com as serpentes, se esses microorganismos podem causar infecções mais severas além do veneno”, explicou Lara. A professora Paula Helena complementou: “Temos vivido uma intensa mudança climática e alterações no micro e macro ambientes. Tudo isso pode gerar um desequilíbrio na saúde das serpentes, então estudos como estes são importantes para verificarmos alterações significativas que podem fazer mal tanto para os animais quanto para o homem”, esclareceu.

As jararacas representam quase 90% dos acidentes com serpentes no Brasil. “A relevância desse estudo está na atualização da compreensão da microbiota bacteriana oral de serpentes que têm implicações na saúde humana e animal, além de contribuir para o desenvolvimento de estratégias de prevenção e controle de infecções relacionadas a acidentes ofídicos”, ressaltam os pesquisadores.

 

 

MAIS NOTÍCIAS