NOTÍCIAS

Professor da UCDB participa de evento da Anec

06 de Maio de 2021 16:32

 

“A sociedade e a educação pós-pandemia: desafios e tendências” foi o tema da formação promovida pela Associação Nacional Católica (Anec), regional Mato Grosso do Sul, ministrada pelo professor da Universidade Católica Dom Bosco Dr. José Licínio Backes, na tarde desta quinta-feira, no Youtube da Anec.

O docente fez um panoramaa da situação social vivenciada com a pandemia e as tendências da educação para os próximos tempos. “Percebemos que a educação presencial continua fundamental, sobretudo, na educação básica, já que a educação integral envolve a socialização, as relações humanas, saber conviver com as diferenças, com diferentes ideias, modos de ser, viver e conviver. Também notamos que a educação presencial e a distância podem ser complementares (híbrida) e que a educação integral (dimensão humana, solidariedade com os excluídos...) precisa estar presente em todos os processos educativos”, destacou.

José Licínio ainda traçou os desafios da educação e da sociedade, defendendo a formação de alianças e parcerias. “As universidades católicas podem fortalecer a aliança com o campo científico da educação e os movimentos sociais, pois ambos defendem a educação integral. As instituições católicas devem manter como prioridade oferecer uma educação de qualidade, resistindo aos apelos de torná-la mercadoria. Já enquanto sociedade, devemos ampliar a prática e as ações de caridade e de solidariedade para com os excluídos e identificar as alianças possíveis com os grupos que lutam pelos direitos sociais e trabalhistas (movimentos sociais)”.

O evento foi on-line e contou com ampla participação dos representantes das associadas em Mato Grosso do Sul. Participaram da abertura do evento o presidente da Anec, Pe. João Bastista Gomes de Lima (Centro Universitário São Camilo), Ir. Adriana Santos, Pe. Marcelo Fugimura (Colégio Salesiano Dom Bosco) e Pe. Jair Marques (Faculdade Santa Teresa), que foi o mediador do debate. “A missão da Anec é fazer chegar nos mais distantes lugares do nosso pais educação básica, técnica e de nível superior com a melhor qualidade possível. Esta entidade de representação tem em cada escola, cada instituição de ensino superior a nossa representação de fazer chegar a toda sociedade essa educação com valores, princípios e ética, buscando sempre a integração do homem de uma sociedade mais justa e solidária. Aprendemos nessa pandemia a usar de forma mais eficiente as tecnologias. Temos problemas, sim, mas encontramos grandes saídas e a tendência é justamente usar de muita criatividade e não ficar fechado nos nossos conceitos do passado”, afirmou Pe. João Batista.

 

MAIS NOTÍCIAS