NOTÍCIAS

Projeto de extensão Programação e Robótica on-line atende alunos de 12 Estados e do Distrito Federal

03 de Maio de 2021 07:30

O projeto de extensão Programação e Robótica, realizado há mais de 10 anos apenas no modelo presencial na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), passou a ser oferecido de forma remota desde o ano passado devido à pandemia do novo coronavírus. Com isso, estão sendo atendidos estudantes de 12 Estados do Brasil (MS,  MG, PE, RS, SP, AM, BA, PI, GO, PB, PR e RJ), além do Distrito Federal. A cada ciclo são oferecidas 200 vagas. (Confira o conteúdo em vídeo no UCDB PLAY)

"Com a pandemia no início do ano do ano passado, a gente viu a oportunidade de expandir o projeto e oferecer os ensinos de programação e robótica para Campo Grande de forma remota e abrir para alunos de todo o Brasil. A novidade desta edição é a linguagem de libras", destacou a coordenadora do projeto, Ana Karina Vieira da Silva.

As aulas remotas são gratuitas, ministradas ao vivo uma vez por semana via Google Meet. “A interação dos alunos é feita pelo chat e via e-mail. “Temos uma equipe que desenvolve o material didático e o conjunto de exercícios a serem executados. Durante uma hora na semana aplicamos o conteúdo e depois ficamos a disposição no ambiente remoto para dar a tutoria”, reforça o professor Alexsandro Monteiro Carneiro.

Em Porto Alegre (RS), Karen Aline Lourenço Sol, mãe do aluno Miguel Solfa, de 11 anos, conta que eles ficaram sabendo da oportunidade gratuita através de mensagens nos grupos de whatsapp, já que o pai é egresso da Instituição. “Gosto bastante de robótica. Gostei muito da parte de raciocínio lógico e estou gostando bastante do curso que é on-line”. Já no Rio de Janeiro, Rosália Pereira da Silva, mãe da aluna Maria Eduarda da Silva, de 12 anos, conta que viu a vaga no site de notícias G1. “A qualidade das aulas é ótima e os professores também”. 

Para o acadêmico Leonardo Dantas, do 7º semestre de Engenharia de Controle e Automação, o projeto veio de encontro com a vontade de lecionar. “Sempre almejei a carreira docente e vi no projeto uma oportunidade e o conhecimento aprendido foi me ajudando muito nas disciplinas do curso. É um privilégio poder dar aulas enquanto acadêmico, pois isso muda um pouco a nossa perspectiva, deixamos de ser o aluno por alguns minutos para ser professor”, enfatiza.

A equipe é composta por três professores e quatro acadêmicos extensionistas, que ministram aulas e respondem e-mails de dúvidas, sob a supervisão de professores. Estão envolvidos com o projeto os cursos de Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Computação, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica, Pedagogia, Letras e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail anakarinavs@ucdb.br.

MAIS NOTÍCIAS