NOTÍCIAS

Projeto de Remição pela Leitura tem aula inaugural realizada

29 de Junho de 2021 12:32

A aula inaugural do projeto de Remição pela Leitura foi ministrada ontem (28), via videoconferência, por docentes e acadêmicos da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), para custodiados do Centro de Triagem “Anísio Lima”, em Campo Grande.

O projeto é uma parceria com a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), firmada no início deste mês, e tem como objetivo levar transformação de hábitos e comportamentos pela leitura, além de uma nova esperança aos participantes, por meio do conhecimento.

Durante o encontro, acadêmicos de diferentes cursos apresentaram acerca da metodologia e dos principais pontos do projeto. Além dos aspectos gerais, foram abordados sobre os benefícios da leitura e as diferenças entre resumo e resenha.

Ao todo, 15 internos estão participando das atividades, proporcionando continuidade aos trabalhos anteriormente realizados. A professora Ana Cristina Medeiros Rodrigues, explicou que os reeducandos terão 20 dias para fazerem a leitura, logo após, realizarão a resenha ou resumo na unidade penal sob supervisão e a equipe da universidade terá dez dias para a avaliação dos textos produzidos.

 

Em seguida, será entregue ao responsável pedagógico do setor educacional do presídio para submeter ao Judiciário. “Como forma de incentivo à continuidade da leitura, doamos um marcador de texto para cada participante. Estamos felizes em fazer parte desse projeto e a nossa intenção é ampliarmos a iniciativa, futuramente, a outras unidades penais”, afirmou a professora Ana Cristina, que é responsável pelo desenvolvimento das oficinas.

A primeira obra a ser lida será de sua autoria, intitulada “Praça Esportiva Belmar Fidalgo”, que também foi resultado da tese de Mestrado juntamente com Maria Augusta de Castilho. Posteriormente, serão disponibilizadas três opções de livros para livre escolha de cada reeducando. Conforme a determinação legal, a remição por meio da leitura será de quatro dias na pena, mediante a entrega e aprovação de uma resenha, sendo possível entregar apenas uma por mês, ou seja, cada reeducando poderá ler 12 livros ao ano, obtendo, no máximo, remição de 48 dias no total.

A diretora de Assistência Penitenciária, Elaine Arima Xavier Castro, enfatizou a importante parceria que a Universidade Católica Dom Bosco presta ao sistema penitenciário. “Fez parte da vivência educacional da agência penitenciária e foi pioneira no oferecimento de ensino superior aos custodiados”, parabenizou.

Em Mato Grosso do Sul, 349 presos participam da iniciativa atualmente, distribuídos em 12 unidades penais da capital e interior. Para isso, a Agepen conta com parcerias da UFMS, UEMS, IFMS, Unip, Unigran, FIPAR e alguns professores voluntários ligados às escolas estaduais vinculadas à Secretaria Estadual de Educação (SED). Com informações da assessoria de imprensa da Agepen.

MAIS NOTÍCIAS