NOTÍCIAS

UCDB apresenta metodologia para elaboração do Plano de Manejo da Bacia do Córrego Ceroula

01 de Março de 2019 13:00

A Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), por meio de uma equipe de pesquisadores,  técnicos e a participação da Agência de Inovação e Empreendedorismo da UCDB (S-Inova), apresentou nesta sexta-feira (1º) pela manhã, metodologia para elaboração do plano de Manejo da Bacia do Córrego Ceroula para integrantes do conselho gestor da Área de Proteção Ambiental. O plano de trabalho será analisado pelo grupo de trabalho da Prefeitura Municipal de Campo Grande, liderado pela Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb).

“A importância desta parceria está no envolvimento da comunidade educativa de maneira participativa, colaborativa, interdisciplinar e interprofissional ao longo de todo o projeto, juntamente com todos os atores locais envolvidos. Além da oportunidade de formação integral dos acadêmicos, pautada no ensino, pesquisa, extensão e pastoral, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região em questão”, destacou a coordenadora do trabalho pela UCDB, Engenheira Sanitarista e Ambiental Ana Paula Teles.

Segundo a coordenadora, os cinco produtos estão organizados na forma de encartes, sendo o primeiro produto: entrega e aprovação do relatório de detalhamento da metodologia proposta preliminar do plano de trabalho; Produto 2: Relatório da 1ª Oficina de Planejamento; Produto 3: Documento síntese da APA (encartes 1, 2 e 3); Produto 4: encarte 4 (Planejamento da APA) e Produto 5: versão final do Plano de Manejo da APA do Ceroula.

A Agência de Inovação e Empreendedorismo S-Inova da UCDB acompanha essa parceria desde o início. “Trata-se de uma excelente oportunidade de coleta de informações e dados para desenvolvimento de trabalhos acadêmicos, como artigos, TCC's, teses e dissertações. Além do reconhecimento da competência da UCDB para execução de um trabalho de alta complexidade e de suma importância para o Município de Campo Grande, sem excluir a população e os recursos naturais daquela região”, destaca o coordenador administrativo da S-Inova, Vinícius Lugo Samudio,

“Para nós é uma grande satisfação fazer essa parceria com a UCDB. Acreditamos que com o envolvimento das universidades é que vamos encontrar as melhores soluções para a cidade”, destacou a diretora-presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), Berenice Maria Jacob Domingues.

O plano de manejo da Bacia do Córrego Ceroula contará com um diagnóstico (meio abiótico, meio biótico e meio socioeconômico), prognóstico, zoneamento e programas. O cronograma de atividades seguirá até janeiro de 2020.

O Engenheiro Ambiental, Guilherme Henrique Cavazzana, professor da UCDB que será responsável pela caracterização do meio abiótico ou das características físicas da bacia do córrego Ceroula. “Vamos fazer a descrição da paisagem da Área de Proteção Ambiental da Bacia do Córrego Ceroula: Clima predominante da região, dados pluviométricos, de temperatura e ventos, geomorfologia, paisagem, hidrografia, análise qualitativa, hidrogeologia, solos, geologia e patrimônio arqueo-paleontológicos se houver”, explica.

Além dos professores Ana Paula e Guilherme, também participam da equipe de trabalho pela UCDB técnicos, o envolvimento da Agência de Inovação e Empreendedorismo (S-Inova), e os seguintes professores: Denilson de Oliveira Guilherme (Engenheiro Agrônomo), Fortunato Lopes Bennett (Contador), Leandro Skowronski (Engenheiro Agrônomo) e Paula Helena Santa Rita (Bióloga e Médica Veterinária).

MAIS NOTÍCIAS