NOTÍCIAS

UCDB destaca-se em ranking de patentes de programas de computador

02 de Outubro de 2020 12:02

 

A Universidade Católica Dom Bosco entrou no ranking das 50 maiores instituições a pedir o registro de programas de computador, segundo dados do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) divulgados nesta semana. O levantamento contabiliza dados de 2019 e, na UCDB, é resultado de um trabalho que vem sendo realizado desde 2016 para proteger intelectualmente as produções dos acadêmicos de graduação e, principalmente, os de mestrado e doutorado.

No total, foram 11 produtos registrados, que garantem à equipe que desenvolveu os produtos a autoria da inovação e, posteriormente, a possibilidade de exploração comercial para que chegue até a população. A instituição ficou em 37º lugar. O trabalho de registro é uma das ações da Agência de Inovação e Empreendedorismo (S-Inova), ligada à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UCDB. Até agora, a UCDB no total já registrou 27 programas de computador.

“Na pandemia do coronavírus, a ciência tem sido protagonista. A busca por entender a doença, saber sua origem e, principalmente, a busca incansável por uma vacina e por estratégias para conter a disseminação do vírus aproximaram as pesquisas da população, que entendeu e está valorizando o trabalho desses profissionais. Os cientistas buscam sempre inovações, novos produtos e aprimoramento de técnicas que irão ajudar as pessoas. Nesse ponto, a UCDB demonstra seu comprometimento e a qualidade das suas pesquisas, nas mais variadas áreas”, avaliou o titular da Propp, pró-reitor Dr. Cristiano Marcelo Espinola Carvalho.

O grupo de pesquisa Inovisão, liderado pelo professor Dr. Hemerson Pistori, foi o responsável, em 2019, pelo registro de cinco programas de computador. Os pesquisadores trabalham com visão computacional e modelos matemáticos que são transformados em softwares de cálculos.

Outros seis produtos são frutos de pesquisas liderados pelo professor Dr. Ludovico Migliolo, Dr. Reginaldo Brito, Dra. Luciana Mendes, Dra. Rocheli Carnaval Cavalcanti e Dr. Fernando Jorge Corre Magalhães Filho, este com dois registros.

Cabe destacar que a UCDB também tem avançado no desenvolvimento de produtos e registro de patentes de invenção. Nos últimos quatro anos, foram 25 depósitos no INPI.

Mestrados e Doutorados

A UCDB mantém seis programas de Pós-graduação Stricto Sensu. Cinco deles oferecem Mestrado e Doutorado: Biotecnologia, Ciências Ambientais e Sustentabilidade Agropecuária, Desenvolvimento Local, Educação e Psicologia.

O sexto programa é o Mestrado Internacional Erasmus Mundus em Desenvolvimento Territorial Sustentável (STeDe), oferecido em parceria com a Universidade de Pádua (Itália); K.U. Leuven (Bélgica); Université Panthéon-Sorbone – Paris 1 (França); Université de Ouagadougou (Burkina Faso) e University of Johannesburg (África do Sul).

MAIS NOTÍCIAS