NOTÍCIAS

UCDB e PRF/MS apresentam projeto em prol da saúde mental dos servidores a representante do órgão em Brasília

26 de Março de 2019 17:00

Na segunda-feira (25), a equipe do Laboratório de Saúde Mental e Qualidade de Vida no Trabalho da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), ligado ao Programa de Pós-graduação em Psicologia, participou, junto com representantes da Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso do Sul (PRF/MS), de uma reunião com o inspetor Cláudio Araújo Freitas, chefe da Divisão de Saúde e Assistência Social (Disas) do órgão em Brasília.

O encontro veio para apresentar o trabalho realizado pela PRF/MS em parceria com a Católica voltado para promover a saúde mental dos servidores. As duas instituições atuam em conjunto há quatro anos e já obtiveram importantes resultados na diminuição dos afastamentos de policiais rodoviários federais por questões psicológicas.

Segundo a coordenadora do Laboratório de Saúde Mental e Qualidade de Vida no Trabalho, professora Dra. Liliana Guimarães, com o sucesso da ação em Mato Grosso do Sul, a PRF irá implantar o projeto nas superintendências do órgão localizadas em outros estados brasileiros. “Essa reunião foi para esclarecer a maneira como o trabalho é realizado, pois a forma com que o executamos aqui será replicada em todo país. Possivelmente, nós que treinaremos os profissionais que atenderão no restante do Brasil”, pontuou Liliana.

Com a proposta de prestar atendimento aos servidores sem que exista a necessidade de eles saírem do ambiente de trabalho, o molde de atuação da equipe da Católica prevê um plantão psicológico que atua dentro do prédio da PRF/MS. Dessa maneira, os servidores têm fácil acesso ao serviço e, após a consulta, se for identificada a necessidade de um acompanhamento mais aprofundado, os pacientes são encaminhados para o ambulatório de saúde mental localizado na Clínica-Escola da UCDB.

Por esse motivo, o inspetor Cláudio também esteve no campus Tamandaré na segunda-feira (25). “Ele pode conhecer o espaço voltado para o ambulatório e gostou muito da estrutura que oferecemos”, comentou Liliana.

MAIS NOTÍCIAS