NOTÍCIAS

UCDB promove Treinamento em Geoprocessamento

22 de Março de 2017 09:00

Nesta quarta-feira (22) se encerra o Treinamento em Geoprocessamento promovido pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), em parceria com o Instituto Federal (IF), Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) e prefeitura de Campo Grande. O curso foi voltado para acadêmicos de Engenharia Sanitária Ambiental e Civil, Arquitetura, discentes dos programas de Pós-Graduação e profissionais da área.

Treinamento aborda a Drenagem Urbana e Cadastro Ambiental Rural (CAR), nas duas plataformas de monitoramento: SISGRAN — Sistema Municipal de Indicadores Georreferenciados para o Planejamento e a Gestão de Campo Grande, e SIMGEO — Sistema Municipal de Geoprocessamento.

Curso começou na tarde de quinta-feira (17) e contou com a participação do diretor do Instituto Municipal De Planejamento Urbano (PLANURB) de Campo Grande, Fabio Nogueira da Silva. Ele explicou que o geoprocessamento é um conjunto de tecnologias capazes de formar um banco de dados georreferenciados, algo de suma importância para o desenvolvimento de uma cidade.  “A georreferência serve como um mapa de exclusão social, é a chave da divisão geográfica. Com isso em mãos a prefeitura pode saber onde será necessário investir em infraestrutura”, contou.

Durante o treinamento os acadêmicos da Católica entraram em contato com profissionais que atuam com geoprocessamento em Campo Grande e, além da troca de experiências com pessoas da área,  adquiriram qualificação extra no assunto. Fábio Martins Ayres, docente da Católica e organizador do treinamento explicou que “este curso é muito importante para o nivelamento de conhecimento e qualificação em ações no mercado. Capacita os alunos para o uso das ferramentas tanto em drenagem urbana quanto em cadastro”. 

MAIS NOTÍCIAS